Os dois termos podem parecer similares, mas possuem finalidades diferentes no Ploomes. A diferença entre ambos é explicada abaixo:


DESCARTAR


Todo Lead deve passar por um processo chamado de Qualificação, que serve para identificar o potencial deste Lead se tornar um cliente. O processo envolve o levantamento de algumas informações, como por exemplo:

- O Lead tem interesse nos meus produtos ou serviços (ou seja, está no meu público alvo)?

- O Lead tem dinheiro para adquirir meus produtos ou serviço neste momento?

- Meus produtos ou serviços estão de acordo com as expectativas do Lead?

- Estou conversando com a pessoa certa, ou seja, o tomador de decisões?

- O Lead está em momento de compra?

Caso a resposta para alguma dessas perguntas seja negativa, pode ser que não haja uma conexão entre sua empresa e o Lead no momento e por isso é provável que valha a pena descartar este Lead. Uma vez descartado, sua taxa de conversão (leads convertidos / leads descartados) será afetada. Você pode visualizar o gráfico de conversão no Painel de Leads e também no Histórico de Leads, ambos na seção de Relatórios.

Em resumo, descartar serve para informar ao sistema que você não vai continuar o contato com este Lead no momento.

EXCLUIR

Excluir um Lead significa removê-lo completamente do sistema. Com isso, nenhum vestígio será deixado, como por exemplo os contatos realizados com o Lead, as tarefas agendadas com ele, entre outros. Excluir um Lead não afeta sua taxa de conversão, ou seja, o sistema não considera que a prospecção não foi bem sucedida.

Excluir um Lead é útil quando é percebida uma duplicidade no sistema, ou seja, existem dois ou mais Leads para o mesmo caso, ou então quando uma importação é realizada e você nota que algo não saiu como o esperado ou que alguns casos precisam ser removidos. Para tanto, é possível fazer uma Exclusão em massa. Mas cuidado, este procedimento é irreversível.

Encontrou sua resposta?