Esse artigo faz parte da coleção de casos de uso das automações, nossa mais nova funcionalidade!

Vamos ensinar uma maneira automática e muito prática de categorização dos seus potenciais clientes, para que você tenha uma visão ampliada do seu negócio, podendo trazer insights sobre a previsão de fechamento, por exemplo. 

Abordaremos a seguinte situação hipotética: 

"Em nossa empresa, os principais clientes são as indústrias, pois nossas negociações com elas possuem uma taxa de sucesso de 73%.
No entanto, apesar da nossa estratégia de
Inbound Marketing, ainda atraímos potenciais clientes de diversos segmentos, o que acaba dificultando a categorização dos leads e, por consequência, o trabalho da nossa equipe comercial."

Resolvendo com o Ploomes

Primeiro, vamos definir quais são as tarefas que devemos realizar para solucionarmos esse problema:

a) Adicionar marcadores nos clientes cujo segmento seja igual a indústria assim que entrarem no primeiro estágio do funil;

b) Criar um novo funil de prospecção e enviar automaticamente para ele todos os clientes que não sejam indústrias;

O segundo passo é definir os nossos funis:

Como sabemos, todas as oportunidades de negócios estão localizadas no funil "Prospecção Indústrias (73%)". 

Podemos observar 7 oportunidades no estágio "Lead qualificado", mas não podemos dizer quais dessas oportunidades são, de fato, indústrias.

Para distinguirmos o segmento de cada um desses clientes, precisamos escolher alguma informação para comparação, isto é, algo que seja exclusivo para as indústrias. Nesse caso, vamos criar uma automação que adicione marcadores apenas aos clientes que possuam um e-mail de corporação

Nessa tabela estão os e-mails de todos os clientes que se encontram no primeiro estágio do funil:

Veja o passo a passo para a criação da regra de automação: 

Agora, veja como ficarão as descrições e características dessa regra:

No entanto, precisamos adicionar uma condição para que essa regra seja aplicada. Como queremos que apenas os clientes que possuam "e-mail corporativo" adquiram esse marcador, devemos criar uma condição como essa: 

Como podemos observar, sempre que um cliente possuir um e-mail "não corporativo", como Gmail, Outlook, Uol etc, ele não receberá o marcador "Indústria". 


Uma vez categorizados, precisamos dar um destino para os negócios que não possuem marcadores. Para tanto, criaremos uma nova regra de automação com as seguintes características: 

Assim como na primeira regra, precisamos criar uma condição para que a ação aconteça. Nesse caso, devem ser movidos de estágio todos os negócios que não possuírem o marcador "indústria". 

Observação importante: a ordem das automações deve ser muito bem estruturada. Nesse caso, primeiro devemos adicionar os marcadores para em seguida trocarmos os estágios dos negócios. 

_______________________________________

Agora, vamos entender como essas automações podem ser de grande importância para o seu negócio. 

Com a categorização dos seus leads, você pode cruzar esses dois dados destacados na imagem acima, e prever, mesmo que de maneira superficial nesse nosso exemplo, o fechamento desses negócios.

 (R$208.580,23*0,73 = R$152.263,57)

_______________________________________

Concluindo

Esse foi o terceiro artigo da nossa coleção de casos de uso sobre as automações! Aqui você aprendeu a categorizar seus leads de acordo com o segmento e a conectar dois funis, tornando o seu processo comercial mais organizado.

Para críticas, sugestões, dúvidas ou feedbacks, estamos à disposição no chat. Para obter ajuda de maneira rápida e prática, acesse a nossa Central de Conhecimento

suporte.ploomes.com

Nos vemos online! 

Encontrou sua resposta?