Como criar

*Caso você queira visualizar um exemplo prático, narrado, vá até o final desse artigo e assista o vídeo "Metas: Casos de uso". 

Acesse o módulo de Início > Metas e clique em "Nova meta": 

Durante a criação de uma nova meta, você passará por 12 etapas:

  • Nome da meta
  • Escolha do dado que deseja metrificar 
  • Como deseja agregar os dados (você pode adicionar filtros aqui, para reduzir o tamanho da amostra desse dado. Exemplo: negócios com valor acima de R$1.000,00). 
  • Quais usuários ou equipes tem que atingir essa meta?
  • Quais usuários ou equipes podem ver essa meta?
  • Qual a data de início dessa meta?
  • Qual a data de término dessa meta?
  • Qual o campo de data que deve ser considerado para o intervalo acima?
  • Como esse intervalo deve ser separado?
  • Quais são os valores a serem atingidos nesses intervalos?
  • Cor da meta

Nome da meta

Apesar de simples, o nome da meta é muito importante pois atua como um identificador. Trabalhe com nomes assertivos e diretos, como "Meta de vendas mensal da equipe do Rio de Janeiro", ou "Meta de visitas diárias do José Ricardo", por exemplo. 

Dado que deseja metrificar

Essa etapa é dividida em duas:

  • Escolha da entidade
  • Escolha do campo

A entidade é limitada pelo perfil do usuário, mas o dado sempre estará disponível para todos. As opções de entidade são as seguintes: 

Essas opções são sempre as mesmas (exceto quando o perfil do usuário diz que ele não pode criar metas de determinada entidade), mas as opções de campos são variáveis. 

Os campos que aparecem aqui são os campos quantitativos, isto é, campos do tipo "moeda", "número inteiro", "número com casas decimais ilimitadas" e o "id' (identificador) do campo: 

Campos quantitativos personalizados também estarão à disposição para serem metrificados. 

Como deseja agregar os dados

Escolha a operação matemática que o Ploomes deve fazer com esses dados:

  • Contagem 
  • Soma 
  • Média
  • Valor máximo
  • Valor mínimo

Para metrificar o total em vendas, por exemplo, utilize a agregação soma. E para metrificar o ticket médio das vendas, por exemplo, utilize a agregação média.

Você também pode limitar a amostra de dados inserindo filtros: 

Adicione condições por período, por equipe, por segmento do cliente etc. 

Quais usuários ou equipes tem que atingir essa meta?

Defina o(s) responsável(is) por atingir o objetivo. É nesse momento que você vai definir se é uma meta:

  • Individual (para si mesmo)
  • Coletiva (para si mesmo e membros de suas equipes)
  • Global (para todos da empresa)

Qual o papel que os usuários acima devem ter?

Para que o dado seja contabilizado e a meta fique mais próxima de ser atingida, você precisa definir um papel que os usuários definidos acima devem exercer. 

Nessa opção, você verá todos os campos (incluindo personalizados) do tipo usuário

Exemplo prático

Caso o responsável pela meta seja o José Ricardo e o papel que ele deve exercer é "responsável pela venda", ele só estará mais próximo de seu objetivo quando uma venda for gerada na qual ele é o responsável. Caso contrário, mesmo que ele faça parte dessa venda (como criador ou comissionado, por exemplo), o valor não será contabilizado.

Quais usuários ou equipes podem ver essa meta?

É possível criar metas para outros usuários e não permitir que eles as visualizem. Você pode definir quem pode ver as metas criadas (usuários, equipes ou todos da empresa). 

Qual a data de início dessa meta?

Agora vamos definir o período dessa meta. Ao clicar nessa etapa, você terá acesso a um calendário e poderá selecionar a data de início dessa meta: 

Qual a data de término dessa meta?

Defina o fim do período. Isso não significa que você está definindo uma meta anual, mensal ou semanal, por exemplo. Nessa fase, estamos apenas delimitando um intervalo para realizarmos a análise dos dados e metrificá-los.
Ao clicar nessa etapa, você terá acesso a um calendário e poderá selecionar a data de término dessa meta: 

Qual o campo de data que deve ser considerado para o intervalo acima?

Uma vez selecionado o intervalo, devemos escolher um campo do tipo data para tomar como base. É nessa fase que vamos definir se são "vendas criadas no intervalo", "negócios abertos no intervalo", "tarefas finalizadas no intervalo", entre outros. 

Ao clicar nessa etapa, você verá todos os campos do tipo data, inclusive os personalizados: 

Como esse intervalo deve ser separado?

Agora sim iremos definir se o intervalo vai ser separado de forma anual, mensal etc. Se optamos por um intervalo de 365 dias, por exemplo, podemos segmentar esse intervalo de diversas formas: 

  • Um período anual;
  • Dois períodos semestrais;
  • Quatro períodos trimestrais;
  • Doze períodos mensais
  • 365 períodos diários

Ou seja, dentro de uma meta (vendas do ano, por exemplo), teremos várias metas (metas de janeiro, fevereiro, março e assim por diante). 

Quais são os valores a serem atingidos nesses intervalos?

Se você escolheu um intervalo de 365 dias (um ano) e o separou por semestres, teremos dois intervalos (01/01/2019 > 30/06/2019 e 01/07/2019 > 31/12/2019) considerados. 

Nessa etapa, você irá definir qual é o valor (meta) a ser atingido e cada um desses intervalos considerados. A etapa 11 varia de acordo com a etapa 10. Quanto mais intervalos, mais valores a serem atingidos. 

Para não preencher duas vezes os mesmos valores, você pode utilizar o seguinte botão: 

Qual a cor da meta?

Você pode definir uma cor para a meta. 

____________________________________________________________

Casos de uso

Primeiro caso - Vendas anuais

Segundo caso - Interações por dia

____________________________________________________________

Menu e demais configurações

Navegar por intervalos de data

Visualização por responsabilidade, por período e restrições por usuário e equipe

Encontrou sua resposta?